Buscar
  • João Felipe Roessler

A importância da quiropraxia durante a gestação

Atualizado: 20 de Abr de 2021


A dor nas costas é uma reclamação bastante comum entre as grávidas. Existem inúmeros fatores que podem contribuir para o aparecimento de dores nas costas no decorrer da gravidez. Além do aumento de peso – algumas mulheres chegam a engordar até 20 quilos, quando o recomendável é algo em torno de 9 a 12 quilos –, as alterações hormonais também podem colaborar para a dor nas costas. A importância da quiropraxia durante a gestação não está ligada apenas ao alívio das dores, o tratamento quiroprático também prepara o organismo para o parto.


Entenda mais sobre a importância da quiropraxia durante a gestação:


No terceiro mês de gravidez as alterações estruturais se tornam mais evidentes, a primeira delas é o deslocamento do eixo de equilíbrio e a mudança natural de postura. Associado à mudança do eixo de equilíbrio, ocorre um aumento na liberação do hormônio conhecido como relaxina, um hormônio produzido pelo corpo lúteo e pela placenta. A relaxina produz um amolecimento das articulações pélvicas e das suas cápsulas articulares, o que proporciona a flexibilidade fundamental para o parto.

Segundo um estudo publicado no Current Reviews in Musculoskeletal Medicine, mais de dois terços das gestantes sentirão dor lombar e pélvica, geralmente no segundo e terceiro trimestre de gestação. Conforme o estudo Pregnancy-related low back pain, a maioria das mulheres acredita que a lombalgia é um desconforto normal e inevitável em decorrência da gravidez.

As diversas mudanças que ocorrem no corpo ao longo da gestação geralmente causam problemas nas articulações da coluna. O tratamento quiroprático ajuda a equilibrar a pélvis e alinhar a coluna vertebral, o que favorece tanto a mãe como o bebê. Uma pélvis desalinhada reduz o espaço para o desenvolvimento do feto, uma condição descrita como restrição intra-uterina.

Dr. Larry Webster, fundador da Internacional Chiropractic Pediatric Association (ICPA), desenvolveu, com o objetivo de reduzir os efeitos da subluxação sacral e da disfunção sacroilíaca – anormalidade da articulação sacroilíaca onde existe um distúrbio biomecânico –, uma técnica específica de quiropraxia, conhecida como Técnica de Webster. A articulação sacroilíaca é uma articulação que sustenta o tronco quando o corpo encontra-se em pé, faz a ligação entre o sacro e a pélvis, possui uma amplitude de movimento muito limitada e ligamentos muito fortes. Com as correções a função da pelve é melhorada, como consequência, ela passa a funcionar e se mover adequadamente.


O alinhamento da coluna vertebral garante um sistema nervoso saudável e uma comunicação precisa ao longo das vias neurais. O tratamento quiroprático, por abordar especificamente o desalinhamento da coluna vertebral e o sistema nervoso da paciente, ajuda a reduzir o estresse para essas funções e alivia o desconforto e a dor da gestante. A quiropraxia é um tratamento natural e livre de drogas, o que a torna um método seguro e eficaz contra dor nas costas no período de gestação. Após o parto, o cuidado quiroprático colabora para que a mãe possa recuperar o seu corpo de antes da gravidez.

A American Pregnancy Association lista os benefícios que mostram a importância da quiropraxia durante a gestação:

  • Manter uma gravidez mais saudável;

  • Controlar os sintomas de náuseas;

  • Reduzir o tempo de parto;

  • Aliviar a dor nas costas, no pescoço ou nas articulações;

  • Prevenir uma potencial cesariana.

"É interessante para a futura mamãe utilizar a quiropraxia semanalmente para se assegurar que está fazendo tudo para ter a melhor gravidez possível. Quiropraxistas possuem muitas técnicas gentis para ajustar a coluna e fazer com que não hajam áreas com bloqueio de energia. Isto permite que o bebê se desenvolva com todo seu potencial. Todas as mulheres grávidas que recebem cuidados quiropráticos regulares possuem uma chance muito maior de terem um parto natural." (João Felipe Roessler)

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo